Quase 100 anos de Glória, a mulher que transformou o balé em Jundiaí

A trajetória de Glória Rocha se confunde com a história da cultura surgida em Jundiaí no século passado. É impossível dissociar essas forças – únicas em incontáveis passagens. Multifacetada, Glória, a Glorinha, foi bailarina, professora, pintora, cenógrafa e coreógrafa. Viveu a arte da dança a passos largos e intensos – um salto muito além da época das tradicionais e devotadas donas de casa, nos anos 30, 40 e 50. Uma outra Jundiaí, legada à lembrança de poucos e eternizada nas fotos e documentos.