Portal Tudo - tudo.com.vc

Jundiaí

Jundiaí está entre as 10 melhores cidades do Brasil para viver com os filhos

Jundiaí está entre as 10 melhores cidades do Brasil para viver com os filhos
  • Compartilhe

A principal prioridade de quem forma uma família é dar uma boa vida aos filhos. Pensando nisso, a Delta Economics & Finance (DEF) realizou um estudo para a Revista Exame com o intuito de desenvolver um ranking com as melhores cidades para criar os filhos no Brasil.

São vários os fatores que podem influenciar a realização deste objetivo. Assim, foram analisados para o estudo o custo de vida, o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) municipal e a taxa de violência de cada cidade. Além disso, foram levadas em consideração outras 48 variáveis a respeito das condições que cada cidade oferece às crianças e adolescentes em relação à educação, cultura, segurança pública, longevidade e infraestrutura de saúde.

Conheça a seguir as 10 melhores cidades para criar os filhos no Brasil:

10. Curitiba (PR) | Nota DEF: 32,98

Os habitantes da capital do Paraná são formados principalmente por descendentes de imigrantes vindos da Alemanha, Polônia, Ucrânia e Itália. A cidade conta com grandes parques e o melhor sistema de transporte público do país. Pelos índices da área de saúde, 95,4% das crianças menores de 1 ano têm a carteira de vacinação em dia, assim como o índice de desnutrição entre crianças até 2 anos é de 0,5%. Além disto, 99,5% dos jovens entre 15 e 24 anos são alfabetizados.

9. Joinville (SC) | Nota DEF: 33,18

Uma das cidades com o maior índice de desenvolvimento humano do país (0,809). No estudo conduzido pela Delta Economics & Finance, Joinville alcançou melhor destaque nos índices de Educação e Desenvolvimento Econômico. Considerando que conta com a melhor educação do Estado de Santa Catarina, reconhecida pelo Ministério da Educação, não é de se admirar o bom resultado.

8. Maringá (PR) | Nota DEF: 33,20

A cidade paranaense com o melhor resultado do Estado é conhecida por ser uma das cidades mais limpas e arborizadas do país. Maringá foi construída seguindo o projeto urbanístico de Jorge Macedo de Viera para ser uma cidade-jardim. A Universidade Estadual de Maringá é uma das melhores do Estado. A cidade conta ainda com o maior festival de música do sul do país.

7. Bauru (SP) | Nota DEF:33,48

Bauru destacou-se principalmente pela variável domicílio, que avaliou a quantidade de casas com água encanada, energia elétrica, o serviço de coleta de lixo e etc. A cidade obteve uma pontuação de 4,91 de um total de 5,0. Distinguiu-se ainda na área da Educação, contando com um índice de 99,2% de jovens alfabetizados maiores de 15 anos.

6. Jundiaí (SP) | Nota DEF: 33,65

Contando com cerca de 350 mil habitantes, nos resultados de Jundiaí destaca-se o desenvolvimento municipal, mas principalmente, a educação com índice de 7,81. A região conta ainda com uma das maiores áreas ambientais protegidas no Estado de São Paulo, a Serra do Japi.

5. Santo André (SP) | Nota DEF: 33,90

Integrante do ABC Paulista, Santo André é a cidade com melhor desempenho na variável governança. Isto se deve graças às políticas públicas para as mulheres adotadas pelo município e às dinâmicas recomendadas pela ONU em relação ao desenvolvimento sustentável.

4. Blumenau (SC) | Nota DEF: 33,94

Tendo como maior destaque o desenvolvimento econômico, Blumenau também apresentou notas altas no quesito bem-estar e educação. Com uma herança alemã muito forte, é a sede da maior festa Oktoberfest do país e também apresenta muitas construções feitas com a técnica enxaimel, uma tradição arquitetônica alemã.

3. Vitória (ES) | Nota DEF: 34,52

Com o maior destaque na área de saúde do Top 3, a capital do Espírito Santo acumula bons resultados também em outros rankings. Vitória é apontada como a 2ª melhor cidade para se viver no Brasil por um estudo publicado pela ONU em 2015, possui o 5ª melhor Índice de Desenvolvimento Humano do país e, segundo a Revista Exame, tem o melhor capital humano nacional.

2. Santos (SP) | Nota DEF: 35,46

Em Santos está situado o maior porto da América Latina, portanto boa parte da sua economia está relacionada com atividades portuárias. A cidade conquistou a segunda posição na lista por apresentar um grande desempenho nos índices de educação. Em especial ao que diz respeito à expectativa de anos de estudo aos 18 anos, ao Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e à baixa taxa de analfabetismo.

1. Florianópolis (SC) | Nota DEF: 36,52

Não só a capital catarinense é a melhor cidade para se criar os filhos pela Delta Economics & Finance, como também é a cidade que apresenta o melhor IDH do país. Com a economia concentrada nas áreas de tecnologia e de turismo, a cidade se destacou pelos índices de desenvolvimento econômico e educação. Sem falar das belas praias!

(Fonte: Maiores e Melhores. Imagem: Leandro Souza. Capa: Prefeitura de Jundiaí)

Autor

Ver todos os posts

Redação tudo.com.vc

Comentários

Mutton Março lateral
Vista Bela E+ Piscina
Anuncie Aqui

Mais Lidas

Assine nossa newsletter

Conteúdo direto para você

Faça parte da nossa lista de transmissão!

11 97066-9728

Cadastre o nosso número em seus contato, envie uma mensagem pra gente e receba as últimas notícias diretamente em seu celular.